CEGUEIRA


“(…) Se já viste Jesus através da mensagem de amor e de plenitude de que se fez portador, como te comportas?
Permaneces na cegueira do século de encantamentos ou te permites o desabrochar do perfume que d’Ele exala?
Faze uma análise da tua invidência moral e intelectual, embora a tua visão perfeita.
Não titubeies em definir o teu rumo, que é viver Aquele que nos deu a vida para que tivéssemos vida.
És vítima de alguma cegueira?”
⠀ ⠀
Joanna de Ângelis/ Divaldo Franco – Livro, Em Busca da Iluminação Interior – 1ª edição-pp. 135/136– Editora LEAL

By Henrique Medeiros

NOVOS CRISTÃOS

Meus irmãos, o Espiritismo É o Evangelho de novo: Nas lições que nos ensina, É Jesus falando ao povo… * É o Mestre Amado de volta Pregando o perdão ainda, Mostrando que, além da morte, A Vida nunca se finda… * É o Senhor Redivivo Que nos conclama à bondade, Na fé unida à razão … Ler maisNOVOS CRISTÃOS

Martin Luther King Jr

A escuridão não pode superar a escuridão;
Só uma luz pode fazer isso.
O ódio não superar o ódio;
Só o amor pode fazer isso ”

Martin Luther King Jr.
#MLK

Hoje celebramos o seu dia!
Parabéns pelo excelente exemplo a toda humanidade!

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Martin_Luther_King_Jr.

124/124 UMA PALAVRA AOS SOFREDORES

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

124/124

Páginas recebidas em 30.10.1936

Concluindo a segunda edição do nosso volume, dedicadas às orfãzinhas, meu filho desejaria que eu dirigisse uma palavra aos sofredores.

Mas não posso dizer-lhes mais do que já lhes disse no conjunto de minhas páginas despretensiosas e humildes. Contei a todos os que sofrem, com palavras simples, as minhas impressões de Além-Túmulo, tentando dirigir-me, em particular, a todos os sofredores, para os quais o vento do infortúnio é mais frio.

Muitos espíritos passaram, despreocupadamente, os olhos pelas páginas em que procurei gravar as emoções de minh’alma, não obstante as dificuldades insuperáveis para me fazer compreendida. Outros lamentaram a ausência de característicos científicos em meus comunicados, ansiosos do rigorismo das críticas minuciosas.

Estas cartas, todavia, não foram grafadas para as teorias científicas que florescem no século, à beira da estrada do Espiritismo evangélico. Consagrando o meu respeito e a minha veneração aos estudos dos sábios terrenos, eu não saberia corresponder aos seus desejos de conhecimento superior, dentro da minha insipiência individual.

Escrevi-a pensando nas mães sofredoras, cujo coração dilacerado não tem outra luz, no caminho escuro da Terra, que as esperanças e súplicas postas no Céu; vejo-lhes, daqui, as amargas dificuldades e os acerbos desgostos e sinto-lhes, comovida, a tortura dos aflitos, clamando pela misericórdia infinita de Jesus. Grafei-as ponderando as expectativas ansiosas dos homens desolados que as dores cercam e humilham, nos carreiros aspérrimos do dever e das obrigações mais penosas.

Sim!… A falange onde me encontro para executar as mais santas determinações espirituais, sabe de muitas misérias ocultas e de muitas lágrimas desconhecidas… Nem sempre os grandes infortúnios se circunscrevem às casas públicas do sofrimento. Sob as sedas faustosas e sob o som de músicas festivas, buscamos cicatrizar as úlceras cancerosas e paralisar os soluços em muitos corações que se purificam na Terra.

Não desdenhemos as atividades preciosas dos espíritos insatisfeitos que alargam atualmente os horizontes científicos do século, com o concurso do Além-Túmulo. Mas consideramos a expansão evangélica e moralizadora do Espiritismo como seu objetivo primordial.

A Europa, desde os fins do século passado, não se encontra repleta de fenômenos supranormais, servida pelas constituições medianímicas mais poderosas? Grandes mestres não têm oferecido ao continente inteiro o fruto de seus exames e de pesquisas, no caminho largo das ciências terrestres?

Entretanto, há muitos anos sucessivos, a confusão ali se estabeleceu nas almas, envenenando as fontes culturais do Velho Mundo.

Nos terríveis enganos políticos da Igreja católica romana, a Europa inteira se prepara, aguardando inquieta, a guerra cruel dos extremismos.

Entre a ciência humana e a sabedoria espiritual sempre existiu considerável distância. A primeira é filha do labor inquieto e transitório dos homens. A segunda é filha das grandes e abençoadas revelações das almas.

Na primeira sobram as dúvidas amargosas e as hipóteses falíveis. Na segunda vibram as grandes e eternas esperanças do coração do iluminado ideal da vida superior.

Dentro das ciências terrestres prevaleceram, em todos os tempos, as descrenças inquietantes e angustiosas; os trabalhos dissolventes de crítica dos campos adversos sempre objetivaram a destruição de patrimônios sagrados do ser.

Ainda agora, muitos jornalistas e estudiosos eminentes, às vezes falando de Crookes e de Lombroso procuram desmerecê-los, acusando-os como possuídos de declínio de compreensão, no trato com os fenômenos espíritas. E, nesse movimento de acusações, perde-se um tempo precioso, a par de muitas energias que poderiam se empregar na construção do edifício
da felicidade humana.

Fenômenos? O homem nunca encontrará outro maior que a vida de Jesus, localizada na História. Mensagens elucidativas? Poderia haver alguma maior que a da palavra permanente do seu Evangelho?

É para vós, os espíritos sofredores da Terra, que o Espiritismo trouxe uma aleluia de esperanças e glorificações. Heróis obscuros e ignorados do mundo; alguém sabe dos vossos sacrifícios, de vossas renúncias e dedicações que o planeta terreno não pode conhecer!…

Chorai vossas lágrimas remissoras de olhos postos no Céu, onde se guardam todos os vossos prantos e onde são conhecidas todas as vossas preces e aspirações.

Aprendei nas experiências penosas da Terra a soletrar o abecedário do amor, da piedade e da resignação, porque se viveis a dolorosa angústia das almas infortunadas e incompreendidas no mundo, há no Céu quem vos estenda as suas mãos carinhosas e compassivas.

Trabalhai, sofrei e confiai na misericórdia divina, pois não foram pronunciadas para os espíritos satisfeitos e felizes aquelas divinas palavras:

“Bem aventurados os aflitos na Terra, pois que a eles pertencem as alegrias do Céu”.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

124/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

Agradecemos todos que nos acompanharam nessa leitura!

AMAI-VOS E INSTRUI-VOS

8/124 AH! EU MORRERA

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

8/124

AH! EU MORRERA

Descerrou-se, finalmente, o derradeiro véu que obumbrava o meu ser pensante… Senti-me sã, ativa, ágil, como se despertasse naquele instante… Ah! Eu morrera…

E a morte representava um grande bem, porque eu me sentia outra, trazendo as faculdades integrais, plena de favoráveis disposições para as lutas da vida. Todavia tinha a impressão de estar só, já que ninguém respondia às minhas argüições, embora percebesse que a minha voz nada perdera de seu vigor e tonalidade.

Propositalmente procurava fazer-me vista por todos, mas uma impossibilidade perturbadora correspondia aos meus pensamentos. Refugiei-me, então, nas mais sinceras e fervorosas preces. Foi quando comecei a divisar vultos sutis e ouvir vozes acariciadoras, das quais fugia amedrontada e receosa, na ilusão pueril de que me achava com o corpo físico, trânsita de medo e suscetibilidades…

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta – Psicografia Chico Xavier

8/124 Livro Cartas De Uma Morta – Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

Humildade X Orgulho

O que é ser humilde? Saiba como a humildade vai te ajudar a ter uma vida melhor

 

OrgulhoHumildade

Regis Mesquita / Blog Caminho Nobre

A Bíblia traz alguns trechos muito interessantes para quem quer entender o que é ser humilde.  Cito dois:

“…a si mesmo se humilhou” (Fl 2.8).

“…agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu; dentro em meu coração está a tua lei” (Sl 40.8).

Vamos entender estes trechos sob a ótica da espiritualidade e não da ideologia que transforma pessoas pobres em humildes.

Você nasceu para aprender e sabe que quando você aprende sua vida fica melhor. Todo aprendizado acontece mais facilmente quando a pessoa é humilde.

Para ser humilde ela tem que sair do orgulho. Sob o ponto de vista do orgulhoso, o humilde é aquele que se humilha. Sob o ponto de vista do humilde, o orgulhoso é aquele que não se humilha voluntariamente. Parece confuso? Vou explicar melhor.

Jesus lavou os pés dos apóstolos. Naquele tempo, isto era um ato de humilhação. Lavar os pés era um ato reservado para quem tinha as piores condições sociais.

 

“Jesus, quando lavou os pés dos apóstolos, mostrou que ele podia ser tudo. Podia ser quem ensinava, o que sabia, o que era servido e o que servia. Ele servia ao próximo em todas as posições sociais, até as mais discriminadas. Ele oscilava de papel e posição. Esta é a verdadeira humildade.” (trecho do ebook – “A espiritualidade no dia-a-dia)

 

Frente ao orgulho, Jesus se humilhou. Frente à sabedoria, Jesus mostrou que tinha poder de ser o que Ele queria e que não era prisioneiro de preconceitos e nem de discriminações.

 

A humildade é uma forma inteligente de retomar o poder da própria vida e usá-lo para produzir o que é nobre.

 

É como se Jesus dissesse: “se é importante para minha evolução espiritual lavar os pés de vocês e mostrar que devo servir sempre, é isso que faço. Sou livre. Eu não dependo de aprovação social para fazer o que é nobre”.

 

“Dizem que havia um rei que morreu de fome porque não preparou sua própria comida. E porque não preparou a comida que lhe salvaria? Porque na sua cultura era humilhante preparar comida. Quando o rei se perdeu na selva, ele morreu de fome. Não soube mudar de papel e nem assumir outras posições, de acordo com a nova realidade em que vivia.” (trecho do ebook – “A espiritualidade no dia-a-dia)

 

Característica da humildade: capacidade de ocupar diversas funções e papéis sempre que a realidade assim necessitar.

 

O rei não pode fazer comida, porque era prisioneiro de uma ideologia e, orgulhoso, não queria se humilhar – o erro fatal.

 

A humildade favorece o reconhecimento do erro. O importante é a realidade; ou seja, o importante é aprender com a realidade e assim desenvolver qualidade e habilidades.

O rei poderia ter aprendido que as crenças da sua cultura são limitadas e erradas. Poderia ter aprendido e sobrevivido. Não teve humildade e morreu.

 

Você já passou por inúmeros conflitos em que você ou outra pessoa estavam erradas e o orgulho impedia que reconhecesse o erro e solucionasse o conflito.

 

O orgulho perpetua muito sofrimento. A humildade ajuda a solucionar.

 

Humildade está diretamente relacionada com a capacidade de aprender, servir e avaliar corretamente a realidade.

 

Sem estas qualidades a vida fica mais difícil. Traduzindo: orgulho torna a vida mais difícil e complicada; a humildade simplifica.

 

Observe a reflexão abaixo:

“Ao invés de ter compulsão por estar certo tenha um imenso esforço para acertar.

Fazer bem feito, ampliar o conhecimento e a sabedoria, desenvolver a sensibilidade…

Tudo isto é atingido progressivamente.

Se você quer abrir uma “fábrica de acertos” é preciso ter humildade e olhar para suas próprias limitações.

Quem reconhece suas próprias limitações pode usar a disciplina para superá-las.

Portanto, muitos acertos dependem de se admitir um erro.”

(Reflexão originalmente postada em: https://www.facebook.com/nascervariasvezes/ )

 

A vida da pessoa humilde é melhor porque ela reconhece suas limitações. Assim, pode usar a disciplina para se melhorar.

 

Existem outros ganhos: menos stress e menos tensão. Quem aprende e passa a acertar aumenta a própria motivação e tem mais serenidade. Uma vida melhor, não é?

 

A humildade gera prontidão e vontade de aprender e evoluir. Em outras palavras, as pessoas humildes tornam-se preparadas para escutar e enxergar.

 

Repare na segunda frase da Bíblia: “…agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu; dentro em meu coração está a tua lei” (Sl 40.8).

 

Dentro do meu coração – significa o conhecimento que emerge de dentro para fora. Uma sintonia, uma conexão.

 

Demonstra a valorização do escutar. O resultado é que a pessoa humilde estimula e valoriza suas intuições e sua sensibilidade.

 

Intuição e sensibilidade são ótimos recursos que todas as pessoas possuem para melhorarem a própria vida.

 

Todavia, deve-se estar pronto para escutar e valorizar o que vem do “fundo da alma”. E o que vem do fundo da alma muitas vezes é diferente do que o ego valoriza ou deseja.

 

Esta pessoa está preparada para escutar, valorizar e seguir junto com as informações que chegam “do coração”.

 

Esta é a razão pela qual a Bíblia diz que “agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu”. A pessoa humilde segue o que é bom, correto e nobre.

 

A pessoa humilde não fica presa nos limites do seu ego imaturo. Ela vai além, ela escuta, valoriza e vai junto com o que existe de mais nobre: o Caminho Nobre.

 

A pessoa orgulhosa busca uma valorização acentuada de si mesmo (alguns orgulhosos se depreciam). O humilde não prioriza a autovalorização; prioriza aprender e viver bem a realidade.

 

“É preciso muita humildade para aceitar o seu lugar no Universo. É necessário mais humildade ainda para se manter neste lugar durante todos os momentos de provações. Este lugar pode ser traduzido por manter-se (o corpo e a mente) vibrando o que existe de mais nobre e elevado na vida. Lembre que o ser humano é um processador e retransmissor de energias”. (trecho do ebook – “A espiritualidade no dia-a-dia)

 

 

“A palavra humilde tem uma raiz indo-europeia, que é “húmus”. Significa “o solo sob nós”, isto é, estamos todos no mesmo nível.” Mario Sergio Cortella

 

Estamos no mesmo nível. Eu posso aprender com você e você comigo. Eu posso te servir e você pode me servir. Eu posso te ajudar e posso ser ajudado por você.

 

O caminho natural da humildade é a TROCA de ajuda, conhecimento, serviço, etc.  Desta forma, todos ganham, todos colaboram e ninguém precisa se preocupar em ser mostrar melhor porque existe o compartilhar e a cooperação.

 

Quer criar à sua volta um ambiente de troca e cooperação? Comece por se mostrar interessado na troca, sendo humilde para receber o que vem do outro e compartilhar o que existe de melhor em você.

 

Humildade serve para criar este ambiente mais saudável para uma vida com menos julgamentos e mais aceitação e construção.

 

Autor: Regis Mesquita

No twitter: https://twitter.com/saberespirita

 

Fonte: http://caminhonobre.com.br/2016/02/18/humilde-humildade/

Evite transtornos

unnamed

Evite transtornos.

O transtorno, a perturbação, a intranquilidade perde força quando não encontra lugar dentro de você.

Quando para tudo você tem um bom entendimento, as vibrações negativas dos transtornos se dissipam, neutralizadas.

Não sofra, podendo evitar o sofrimento.

Toda vez que você se julga em condição de  resolver problemas, uma força e uma paz aparecem dentro de você.

Enfrente, com fé, as correntes negativas.

Um transtorno evitado é um lugar aberto à paz e à felicidade.

Lourival Lopes

Extraído de “Sabedoria todo dia”

FORCE SUA NATUREZA PARA CIMA

seta_verde_cima

Force a sua natureza para cima.

A sua natureza é divina, pura e possui dinamismo e esplendor.

É como a semente que tem virtudes para ser árvore, flores e frutos.

Ela age e reage conforme você pensa, ama e faz.

Quando você a força para baixo, em direção a maldades ou vícios, ela se põe de sobreaviso, em posição de defesa, esperando que o sinal de decadência passe.

E se você anseia por crescer, progredir, melhorar-se e dela se lembra, então ela se volta, vibra e fulgura de tal maneira que lhe possibilita alcançar o que pretende.

A sua divina natureza é de progresso infinito.

Lourival Lopes

Extraído de “Sabedoria todo dia”

CONCEBA BEM A SUA VIDA

unnamed (9)

Conceba bem a sua vida.

Conceber bem a vida é ter clara ideia de que você nada tem a temer no futuro, de que o que tem a fazer não é um problema, de que pode se relacionar bem com todos, que a sua saúde é resistente, de que a felicidade é  possível e de  que tudo o que lhe diz respeito está cada vez melhor.

Você vive bem quando entender ser boa a sua vida.

Nos momentos de dor e atrapalhos, escreva dentro

de si as palavras resistência, trabalho, fé e alegria.

Com isso, o difícil se faz fácil, como uma

nuvem que se afasta soprada pelo vento.

A vida o afaga quando você a trata bem.

Lourival Lopes

Extraído de “Sabedoria todo dia”.

VISUALIZE-SE FORTE

unnamed (3)

Pense positivamente.

Se você pensar que não tem forças para resolver o problema, ou que não adianta lutar, ou que o problema não tem solução, você se enfraquece e dificulta o encontro da solução.

Imagine-se forte o suficiente para resolver qualquer problema por mais difícil que pareça ser.

Sentindo que pode resolver qualquer problema, você chama e absorve a força necessária para esse fim.

Tenha ânimo.

O ânimo faz ouvir a voz da Vida que o leva para frente.

Lourival Lopes

Extraído de “Sementes de felicidade”

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas