4/124 Livro Cartas De Uma Morta

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

4/124

A VOZ DE COMANDO DESOBEDECIDA

Desejava orar… Todavia, os pensamentos não conseguiam obedecer-me, dispersos pela confusão
estabelecida em meu mundo interior, em virtude dos padecimentos que me percorriam os centros da
atividade orgânica; e a minha vontade era semelhante a uma voz de comando, totalmente desobedecida
por elementos rebeldes e indisciplinados.
Hoje sei que naqueles angustiosos momentos muitos seres se conservavam, embora intangíveis,
ao meu lado, amparando-me com os seus braços tutelares e compassivos, porém não os distinguia.
Sentia-me sucumbir lentamente… A princípio, gemidos de sofrimento escapavam-se do meu peito
torturado, compreendendo a ineficácia dos esforços que fazia para não morrer; mas tão rude era aquela
suprema tentativa de resistência, que me abandonei, finalmente, àquelas forças poderosas e invencíveis
que me subjugavam.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta – Psicografia Chico Xavier

 

4/124 Livro Cartas De Uma Morta – Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta:http://www.wilsonfernandes.com.br/uma-pagina-por-dia/

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas