41/124 OS DESENCARNADOS NA GUERRA

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

41/124

OS DESENCARNADOS NA GUERRA

A grande dificuldade dos desencarnados, para se fazerem compreendidos no tocante às modalidades da nova existência com todos os seus pormenores, reside justamente na ausência de termos comparativos: falta-lhes, em se manifestando nesse sentido, a lei analógica a fim de que se possa assimilar devidamente o que digam.

Para darmos a idéia do que seja a nossa vida e os detalhes da nossa habitação, muitas vezes é preciso que recorramos às imagens que a terra nos oferece, a tudo quanto o homem, em sua situação temporária, tem guardado na retina.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

41/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

40/124 O REGRESSO ESPIRITUAL AO LAR TERRENO

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

40/124

O REGRESSO ESPIRITUAL AO LAR TERRENO

Delineei, então, na mente, tudo quanto se relacionava com a minha derradeira existência. Primeiramente, vi-me à margem de uma encantadora paisagem marítima avistando um caminho longo, através do qual fui impelida a seguir.

Sentia-me na posse das faculdades volitivas, que obtivera com o meu desprendimento da vida carnal, e, numa fração infinitésima de tempo, estava ao vosso lado.

Ah! Como vos abracei a todos, emocionada e recolhida! Como achei pequenino o nosso antigo lar e como me penalizou o quadro das vossas dores e dificuldades!

Chorei amargamente vendo a miséria do mundo que vos compele ao sofrimento e a uma batalha sem tréguas!…

Então misturei, com a prece dos encarnados, sofredores e aflitos, a oração de minha alma amedrontada, rogando ao Pai Celestial que vos fortificasse na luta redentora, onde, ao lado dos inúmeros prantos e das alegrias mascaradas, esvoaça o bando das mil tentações que assediam os espíritos no ambiente obscuro da vida carnal, obrigando-os ao esquecimento de seus deveres e de suas austeras obrigações morais.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

40/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

39/124 A TERRA – OBSCURO PLANETA DE EXÍLIO E DE SOMBRA – VISTA DO ALÉM

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

39/124

A TERRA – OBSCURO PLANETA DE EXÍLIO E DE SOMBRA – VISTA DO ALÉM

Após adaptar-me mais ou menos a essa nova vida, ocorreu-me como vos poderia rever e solicitei de um instrutor informação a respeito.

– “Sabes em que direção está a Terra?” – perguntou ele com bondade.

Diante da minha natural ignorância, apontou-me com a destra um ponto obscuro que se perdia na imensidade, recomendando fitá-lo atentamente. Afigurou-se-me vê-lo crescer dentro de um turbilhão de sirocos indescritíveis. Parecia-me contemplar a impetuosidade de um furacão a envolver grande massa compacta de cinzas enegrecidas.

Tomada de inusitado receio, desviei o olhar; porém, o meu solícito guia, exclamou com brandura:

– “Lá está a Terra com os seus contrastes destruidores; os ventos da iniqüidade varem-na de pólo a pólo, entre os brados angustiosos dos seres que se debatem na aflição e no morticínio. O que viste é o efeito das vibrações antagônicas, emitidas pela humanidade atormentada nas calamidades da guerra. Lá alimentam-se as almas com a substância amargosa das dores e sobre a sua superfície a vida é o direito do mais forte.

Triste existência a dessas criaturas que se trucidam mutuamente para viver.

São comuns, ali, as chacinas, a fome, a epidemia, a viuvez, a orfandade que aqui não conhecemos… Obscuro planeta de exílio e de sombra! Entretanto, no universo, poucos lugares abrigarão tanto orgulho e tanto egoísmo! Por tal motivo é que esse mundo necessita de golpes violentos e rudes.

Busca ver naquelas regiões ensangüentadas o local em que estiveste.

Pensa nos que lá deixaste, cheio de amargurosa saudade! Deus permite e eu te auxilio”.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

39/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

38/124 AFETOS QUE DESAFIAM O TEMPO E A MORTE

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

38/124

AFETOS QUE DESAFIAM O TEMPO E A MORTE

Como poderia descrever a serenidade e a paz que se desfruta num ambiente feliz de erraticidade? Não há vocábulos ou arroubos de imaginação para fazê-lo com fidelidade.

Foi aí que encontrei afetos acrisolados e reconheci as amizades que desafiam o tempo e a morte, nesses locais onde existem ainda os reflexos da vida planetária e onde o espírito adquire novas forças para a luta interminável no progresso universal.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

38/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

37/124 PENSAMENTOS QUE ORIENTAM A FORMAÇÃO DE CRISTAIS E DE FLORES

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

37/124

PENSAMENTOS QUE ORIENTAM A FORMAÇÃO DE CRISTAIS E DE FLORES

Como poderia descrever a serenidade e a paz que se desfruta num ambiente feliz de erraticidade? Não há vocábulos ou arroubos de imaginação para fazê-lo com fidelidade.

Foi aí que encontrei afetos acrisolados e reconheci as amizades que desafiam o tempo e a morte, nesses locais onde existem ainda os reflexos da vida planetária e onde o espírito adquire novas forças para a luta interminável no progresso universal.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

37/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

36/124 A LUZ E A FLORA DO ALÉM

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

36/124

A LUZ E A FLORA DO ALÉM

Alguns espíritos me disseram que as almas sumamente perfeitas e que já se tornaram em executores dos decretos do Altíssimo, auxiliam os seres
rudimentares do reino mineral e vegetal, ajudando-os na organização de suas formas, dos seus pensamentos formosos e sábios, que elas saturam de
elementos de astralidade, favorecendo assim o embrião espiritual em suas manifestações iniciais.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

36/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

35/124 O LAR TERRENO ENTREVISTO DO ALÉM

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

35/124

O LAR TERRENO ENTREVISTO DO ALÉM

O tempo aqui não se conta pelos cronômetros terrenos, e o fenômeno do dia e da noite é diversificado, verificando-se em lugar da treva noturna leve diminuição de intensidades da luz solar, a qual se torna esbatida como num dos vossos lindos crepúsculos, repletos de colorações e nuances admiráveis, como se a luz interpenetrasse todas as coisas.

A vegetação é extremamente interessante e bizarra, em comparação com a da Terra.

Imaginai um craveiro florescendo com suas raízes entrelaçadas na própria atmosfera do mundo, para fazerdes uma idéia do que estou descrevendo.

Poucas flores são mais ou menos semelhantes às dos vossos jardins e a maioria delas vos pareceriam extravagantes à primeira contemplação; caracterizam-se, porém, por sua indescritível e invulgar delicadeza.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

35/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

34/124 A PREPARAÇÃO ÀS LUTAS FUTURAS

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

34/124

A PREPARAÇÃO ÀS LUTAS FUTURAS

Influxos abençoados, inspirações salvadoras daí promanam para a humanidade; mensagens enviadas pelas almas que, sob qualquer bandeira, viveram como condutores diretos ou indireto das coletividades.

A vida, pois aí decorre como se fosse numa abençoada estação de repouso, onde se descansa de muitas lides e se aprendem as mais proveitosas lições para o progresso nas lutas futuras.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

34/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

33/124 ASSEMBLÉIA DAS ALMAS LIVRES DAS FUTILIDADES TERRENAS

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

33/124

ASSEMBLÉIA DAS ALMAS LIVRES DAS FUTILIDADES TERRENAS

Altamente instrutivas são as conversações e assembléias dos espíritos. Personalidades eminentes aí se encontram elaborando projetos grandiosos para as suas atividades porvindouras. Não há lacunas para as futilidades de que a vida terrena está farta. Tudo ali é a súmula de aspirações edificantes, o que é, aliás, natural, porque estando indene da fadiga que lhe advém da luta pelo pão diário, pode a alma entregar-se às mais santificadas expansões.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

33/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

32/124 A ILUSÓRIA NUTRIÇÃO DOS ESPÍRITOS

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

32/124

A ILUSÓRIA NUTRIÇÃO DOS ESPÍRITOS

Esse ambiente constitui uma grande esfera fluídica, onde todas as nossas impressões tomam corpo de realidade.

Lá existe, ainda, a nutrição, contudo, o espírito geralmente absorve os elementos, que regeneram sua vitalidade, no próprio oxigênio que respira, em inimagináveis condições de pureza e nas mais delicadas composições químicas da atmosfera.

Alguns seres, aí aportando, necessitam, por força dos arraigados hábitos, de alimentos análogos aos da Terra, o que obtém por algum tempo, mas apenas na aparência de realidade, ilusão esta que é consentânea com as superficialidades do corpo somático, até que se acostumem com as novas

modalidades de sua existência.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

32/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas